Mais que uma estrela, uma constelação

cruzeiro do sulPor: Amaro Koneski Filho

Há pessoas estrelas…

Há pessoas cometas.

Os cometas passam. Apenas são lembrados pelas datas que passam e retornam.

As estrelas nascem e permanecem.

Pessoas cometas brilham apenas por instantes nos acampamentos da vida. E muitos são cometas por um momento. Passam, a gente bate palma e desaparecem. Há necessidade de criar um mundo de estrelas. Todos os dias poder vê-las e senti-las.

Todos os dias poder contar com elas.

Assim são os amigos, assim são os bons Escoteiros e bons Lobinhos. Estrelas na vida da gente. Pode-se sempre contar com eles. Olhando os cometas é bom sentir-se estrela e não prender-se a sua cauda

Com esta história, no dia 14 de Março, fizemos a entrega de mais um distintivo máximo do Ramo Lobinho, o DISTINTIVO DE CRUZEIRO DO SUL – e o lobinho merecedor deste distintivo foi o FELIPE CARDOSO GONÇALVES, que ingressou na nossa Alcateia em 31/08/2012, fez sua promessa em 11/11 do mesmo ano, e agora perto de completar 10 anos de idade e 3 anos de Alcateia, tornou um Lobinho mais que uma estrela, um Lobinho constelação, um Lobinho Cruzeiro do Sul.

Estiverem presente na cerimônia além da Chefia atual da Alcateia e seus Lobinhos, o Diretor Financeiro Walter, seus pais Maria Inez e Daniel, além da Chefe Cláudia, que acompanhou praticamente todo crescimento do Lobinho, a quem tivemos a honra de solicitar que fizesse a entrega do distintivo.

Faça um comentário